Comissão MS


 

No ano em que a ABCMJ comemora 25 anos de existência nacional, a Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica, Comissão Mato Grosso do Sul (ABMCJ-MS) apresenta um pouco de sua história em tão importante Instituição de caráter global.

Compreende em seu quadro associativo advogadas, magistradas, promotoras, procuradoras, defensoras públicas, professoras, delegadas e representantes de outros segmentos, tem desenvolvido uma série de atividades que incluem a realização de palestras com juristas e pesquisadoras de inúmeras áreas destinadas à públicos diversos em busca do diálogo entre operadoras e operadores do direito, a academia e a sociedade fomentando uma visão ampla no entendimento dos direitos humanos, econômicos, sociais, culturais e ambientais, bem como, divulgando dados na imprensa e fornecendo informações sobre os direitos e orientações jurídicas às mulheres

Um dos seus compromissos é incentivar a produção científica e o intercâmbio de conhecimentos, troca de saberes e experiências entre as mulheres, especialmente as associadas em diálogo e articulação com representantes de instituições públicas e não governamentais, de movimentos de mulheres e feministas, contribuindo para uma cultura democrática participativa, na qual se leve em conta os anseios e demandas das mulheres em sua heterogeneidade em assuntos relativos ao Sistema de Justiça, seu acesso e outras questões fundamentais para o exercício da luta e a garantia dos direitos humanos da população feminina no estado.

A atual gestão com mandato de três anos, sob a presidência da Advogada Luciana Branco Vieira, tem por objetivos precípuos resgatar antigas associadas e aumentar o quadro associativo com novas parceiras, readquirir a vaga no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de MS, divulgar a ABMCJ e atuar nas questões afetas ao campo do Direito junto à sociedade, estreitar laços de parcerias com instituições como a OAB e relações.

Efetivamente, das conquistas da mulher, com o apoio incondicional da Associação, no cenário do Judiciário Estadual, duas de nossas associadas galgaram o cargo de Desembargadoras do Tribunal de Justiça de MS: Dagma Paulino dos Reis, que foi a primeira mulher a integrar o citado Tribunal, e Marilza Lúcia Fortes, que também presidiu com excelência a AMAJME (Associação dos Magistrados da Justiça Militar Estadual).

 

 

Venha fazer parte da ABMCJ / MS


Poderão ser admitidas por intermédio da ABMCJ/MS quaisquer mulheres
que exerçam cargo ou atividades profissionais de natureza jurídica.

Inscreva-se